Lá num reino tão, tão distante!

Vida de pobre é difícil, eu já disse… Terça, fui me encontrar com a Dê, no novo shopping de Maceió que já nem é mais novo assim e que fica deeeeepois da minha residência. Passei 1 hora no ponto do busão esperando um dito que me levasse até o local. Depois passei quase 2 horas no trânsito para chegar no local. Detalhe, ao meu lado, um negão (ops, um afro descendente, SORRY!), que se aboletava no meu braço quando as pessoas passavam atrás dele. Se eu estava gostando? Talvez gostasse se fosse um cara bem bonitão que estava logo mais a frente… 🙂 Fique fula de ódio e por mais que eu esmagasse a fulana que estava sentadinha ao meu lado, quase que não conseguia me sair dele. E como não sou mulher de fazer escândalos (oi???), fiquei me esgueirando como pude daquele atentado ao puder desclassificado! Desci do ônibús, irritada e toda torta.

Já no shopping tão, tão distante, fizemos nossa pesquisa de mercado e fomos tomar um choppinho porque ninguém é de ferro e eu tinha tido uma tarde estressante naquele meu trabalho, sabe? Tudo porque desta vez, roubaram o chuveiro de plástico de R$ 3,99 do banheiro dos funcionários. Eu posso com isso? E quem teve que ir averiguar o imenso roubo? Quem, quem?? Eu, que não tenho nadica pra fazer, claro! Mas voltando para o choppinho, tenho a lhes dizer que minha amiga descompensada e eu indo na onda, resolveu que deveríamos tomar a torre de chopp que contém nada mais, nada menos que 2,5 litros! E eis que as dez badaladas do relógio do shopping, trocamos nossas tulipas por descartáveis e rumamos ao ponto dos buzetes (mais pobre impossível, hãm?). Denise então me diz meio que as gargalhadas: “Amiga, precisamos entrar no shopping de novo porque eu quero fazer xixi…” e eu gargalhando respondi: “Vamos sim que eu também quero, mas vamos perder o bonde!”

Quando voltamos, a ladymarfi havia acontecido: perdemos o bonde e ao pegarmos outro que vinha vindo e que achávamos que passava perto da nossa casa, tivemos a terrível constatação já dentro dele e tendo pago a passagem, que ele fazia um caminho totalmente diferente. Confesso que só porque estávamos levemente embriagadas é que eu consegui dar gargalhadas por ter descido no meio de um terreno baldio e voltado todo o caminho para o ponto do shopping denovo!

Entre ônibús, torres de chopp e feridos, salvaram-se as duas, Heleninha e Santana!

Denise, me lembre de não ir nunca mais naquele shopping de ônibús, ouviu???

Anúncios

2 comentários sobre “Lá num reino tão, tão distante!

  1. Ta vendo que na sua vida falta apenas um choppinho para tudo ficar mais leve?! Pq encarar busão errado as 10 da noite e sair sorrindo…só depois do chopp mesmo.

    Ah, e ja anuncie na empresa. Que o presente de fim de ano da empresa para os funcionarios será chuveiro!! Pq não dá para acreditar que uma pessoa necessite tanto de um que tenha que roubar o da sua própria empresa!

    Curtir

  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk aventuras noturnas em findelmundo city.. mas valeu pelo choop…ok Dani, não iremos mais lá a nao ser de carro e para ir ao cinema da proxima vez…bem, sobre o chuveiro, fala sérioooo..nao vou comentar!!! bjs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s