Mulata Bossa Nova, caiu no Huly-Guly!

Pensando no meu carnaval. Que um dia quando eu era criança pequena lá em São Paulo, eu brincava. Lá na matinê do Clube Palmeiras (e torço pro Corinthians) e dançava aquelas marchinhas que hoje nem tocam mais. A gente dava voltas pelo salão com fantasias que minha mãe comprava e tudo era tão mágico, tão inocente… Depois, na adolescência, ia para Caraguatatuba/SP, podia dançar nos bailes a noite e beijar na boca dos meninos bonitos. Amor de férias. Paixão de carnaval que nem subia a serra!. Depois que mudei para Maceió, continuei indo para casas de praia com amigos e beijando na boca, mas aos bailes já não ia mais, as músicas já não eram as mesmas, era a vez dos trios-elétricos e das músicas bahianas que imperam até hoje! Agora, alguns poucos anos depois, meu carnaval se resume a ficar em casa, assistir filmes, no máximo ir a alguma praia caso tenha amigos disponíveis que decidiram não viajar para Olinda ou Salvador e tomar uns melês de álcool pra alegrar. Não tenho mais saco para casas de praia, muita gente, bagunça! Como a vida dá voltas…

Mais eis que recebi um convite tentador de passar um dia numa praia que fica a duas horas de distância do meu lar… Participar dos bloquinhos de rua do local, encher a lata fazer sexo e beijar na boca daquele que ando beijando ultimamente. Mas não, não vou… Longe demais pra pouca coisa.

Mas se alguém quiser ir, eu até penso em mudar de idéia porque sou fácil, extremamente fácil…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s