E quando o coração palpita?

Aê navegantes, vortei de uma breve ausência por forças trabalhais exageradas! 

E eu tinha que escrever sobre o meu heart. Sim, meu doce e rifado coração… Aquele mesmo que dia desses estava envolvido, depois se desintegrou, depois se regenerou feito rabo de largatixa e agora foi encontrado andando rindo pelas ruas!

Quando uma coisa te diz que É ISSO AÍ, (mas não como a gente pensou que ia ser) é isso aí meeesmo! E, embora não seja como pensávamos que ia ser (eu, meu coração e meu cérebro), está sendo e não sabemos pra onde vai nos levar, mas sabemos que queremos permanecer assim.

Adoroooo (when I fall in love!)!

Porque você foi abrindo a porta e foi entrando sem pedir licença e eu fui deixando…

Se é pra sempre? Claro que é pra sempre porque a gente sempre acha que é pra sempre mesmo sabendo que o pra sempre sempre acaba, né? E já  que o Renatinho (Russo) foi citado, porque não dizer também que quando penso em alguém, só penso em você?

E eu só sei que é isso aí!!

Exagerada toda a vida: minhas paixões são ardentes; minhas dores de cotovelo, de querer morrer; louca do tipo desvairada; briguenta de tô de mal pra sempre; durmo treze horas seguidas; meus amigos são semi-irmãos; meus amores são sempre eternos e meus dramas, mexicanos!

Sempre Clarice!

* parece que ela me conhece, hum?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s