Seria, se tivesse sido!

“Subi correndo no primeiro bonde, sem esperar que parasse, sem saber para onde ia. Meu caminho, pensei confuso, meu caminho não cabe nos trilhos de um bonde.”

Caio Fernando Abreu

Ah este cara que descobri dia desses e me apaixonei por tudo que ele escreveu. Tô devorando cada linha, cada pensamento, cada dor dilacerante, cada texto. Penso que ele e Clarice (Lispector, ofcourse) deveriam ter sido amantes – se tivessem vividos na mesma época e ele não fosse homossexual assumido! Ahá!

..

E hoje foi só pra dizer que comemoraria… Comemoraria se estivesse ainda!

O meu casamento… Aquele que tive aos dezoito aninhos de vida, na flor da idade meeesmo! Casei batendo os pés e dizendo aos meus pobres pais que se não deixassem eu fugiria. Ô rebeldia da adolescência. Fase ruim, né?

Então que casei. Não de véu e grinalda, nem flores de laranjeiras, nem padre, nem padrinhos vestidinhos para fazer exame de fezes, nem virgindade, nem gravidez. Casei por amor de fato e SEM feto no dia 29/03/1990. Menina de um quase tudo. Ele também…

Nos separamos exatos 6 meses depois. Ainda menina de um quase tudo. Ele também!

Naquela época e hoje (vale salientar!) ainda não consigo me ver a 20 anos ao lado de uma mesma pessoa. Não, não sou volúvel (só um tiquinho), mas não consigo nem me imaginar ao lado daquele menino de 22 anos que me desvirginou e me amou de um jeito tão forte e tão dominador. Sinto saudades… Não aquela saudades de saudades, entende? Saudades do tempo em que eu era ingênua, saudades do tempo em que eu era menina e achava que amor e sexo tinham que andar coladinhos!

Não viverei ao lado de ninguém por 20 anos é certo, mas sei que posso amar e sei que sexo e amor não andam coladinhos, mas podem andar assim, próximos!

Anúncios

2 comentários sobre “Seria, se tivesse sido!

  1. Não sei dos seus 20 aninhos…até pq foi um pouco depois que nos conhecemos. Mas sei que passa rapidinho como se tudo fosse ontem. No meu caso eu não imaginava nem meses e talvez nem dias e veja, se passaram 5 anos.

    Então passei a acreditar em anos, afinal nós mesmas estamos perto destes 20 aninho de união!! Estavel, sadia, sem sexo…claro!!! Mas cheia de muito amor, carinho, respeito, união e tudo que uma boa amizade tem que ter.

    Amiga, não foram vinte anos, não foi ano…e não foi nada a mais que empolgação de adolescentes e hj todo o contexto é diferente. Vc é uma mulher que transborda de sentimentos que tenho certeza, dá para mais de 100 anos.

    beijos e felicidades

    Dani diz: Pois é amigona que amo, acho que só sei viver anos a fio, com minhas amizades. Prova disso é a nossa (eu, vc, Dê, Érika…), que já, já faremos bodas de prata! Vixi, estamos ficando “véias”…
    Amo vc.

    Curtir

  2. HUM HUM HUM….TAVA AQUI CALCULANDO, EU CASEI EM 95, ENTAO FARIA ESSE ANO 15 ANOS….AHHH NAO!!! ACHO Q TALVEZ AGORA,MAIS MADURA CONSEGUIRIA ENGULIR UNS SAPINHOS E VIVER ALGUNS ANOS, 5, 6, SEI LÁ…… MAS LÁAAAAA NAQUELA ÉPOCA ERA TUDO OU NADA NE?…VIVA A AMIZADE ENTÃO!!! SEM MÁGOA, SEM SEXO..KKK MAS REGADA A MUITA CERVEJA, GARGALHADAS, SOLUÇOS, REVEION E MUSICA….TE AMUUUU!!!

    Dani diz: Também AMUUUU TU!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s