Então…

Domingo passou e ela nem se deu conta, tamanho o marasmo que ficou. De um canto a outro da casa, de um canal e outro da tv, de uma passeada na net, da idéia de assistir um filme (Onde vivem os monstros – ela recomenda!), de vigiar o lírio amarelo que comprou para curar o coração machucado, vez ou outra tocando com as pontas dos dedos a terra, para ver se ele tinha sede (você tem sede de quê?), de pensar na vida, de pensar no que foi, deixou de ser e de como talvez fosse melhor ainda…

Esses dias a fez lembrar como é passional. Nem se lembrava mais que era assim, tamanho o tempo que não encontrava um cobertor de orelhas. Ela quis que este cobertor tivesse permanecido aquecendo não só suas orelhas como também o seu tolo coração… Não a informaram que ele tinha prazo de validade e que era perecível!

..

Agora não quer mais se permitir pensar, nem sofrer por mais de 2 ou 3 dias – já fazem 3 dias? Decidiu ser a dona da banca novamente. Façam suas apostas!! Querem quantas fichas?!

Parou aê!

Não sofrerá mais… Cazuza já morreu. Ela tem que deixar de cantar no repeat mental, Exagerado (jogado aos seus pés, eu sou mesmo exagerado, adoro um amor inventado, uhúú…).

Todo dia, o Sol da manhã vem e lhe desafia...

Dias melhores virão. Eles sempre vêem!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s