All Star de final de semana!

O final de semana foi divertido e rápido! Sexta, como prometi a mim mesma, comecei a pintar a mesinha da cozinha. Tudo branco: a mesinha, EU e o chão da sala. Não sei se ficamos assim devido a minha imensa habilidade de pintura, ou as quatro taças de vinho que tomei durante! Mas ta ficando bonitinha (sei que bonitinho é perto de feio, mas não ta feio! Ainda…). Assim que terminá-la, esta semana ainda, tirarei fotos e postarei aqui o antes & depois [quando vcs verem o antes, poderão até achar feio o depois, mas verão que antes ela era muuuito pior!].

.
.

Ontem fui à praia… Mas não entrei no mar (sei que quando chove não se deve tomar banho de mar – pode-se pegar hepatite, conjuntivite, apendicite, um monte de “itis” além de pano-branco, preto, verde, etc e tal!). Mas fui à praia, o Sol estava lindo mas a praia uma caca (só gente feia!), fiquei embaixo do sombreiro por todo o tempo e ainda queimei o rosto. Saímos de lá e fomos almoçar na Bodega do Sertão. Este restaurante já inaugurou a tanto tempo e fui pela 1ª vez ontem… Preciso rever meus conceitos de destino financeiro. Conhecer mais as coisas boas da terra dos Caetés! Show, o ambiente, a culinária, tudo! E, adivinhem quem foi para lá também, prestigiar uma boa comida nordestina? Nando Reis e todo seu staff. Claro que não tirei foto, nem pedi autógrafo, mas vontade não me faltou. Fiquei olhando para aquele ruivo magricela e imaginando nossa fotinho aqui no blog. Mas tenho semancol, né? O cara estava almoçando e eu nem sou tiete assim! E nem ia para o show dele…

All Star, Nando Reis

“Estranho seria se eu não me apaixonasse por você
O sal viria doce para os novos lábios
Colombo procurou as Índias mas a Terra avistou em você
O som que eu ouço são as gírias do seu vocabulário
Estranho é gostar tanto do seu All Star azul
Estranho é pensar que o bairro das Laranjeiras,
Satisfeito, sorri quando chego ali e entro no elevador
aperto o 12 que é o seu andar não vejo a hora de te reencontrar
e continuar aquela conversa que não terminamos ontem, ficou pra hoje.
Estranho mas já me sinto como um velho amigo seu
Seu All star azul combina com o meu, preto, de cano alto
Se o homem já pisou na Lua, como eu ainda não tenho seu endereço
O tom que eu canto as minhas músicas para a tua voz parece exato”

Homenagem ao Nandinho, que almoçou conosco (eu, Beto, Dal, Ferreira e Marquinhos), ou melhor, na mesa ao lado… rsrs!

Adoro a melodia dessa música, a letra não é das melhores não, mas a melodia é tão gostosinha!l

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s