"Como pode ser, gostar de alguém e este alguém não ser seu…"

Não sou ainda a mulher forte que imaginava que poderia me tornar, nem de longe. Hoje, diferente do que eu disse e me programei ontem, eu pensei nELE e o pior, eu o vi… e ELE estava lindoooo.

Não sei exatamente o que senti quando ele “adentrou” na minha sala de trabalho. Não sei qual foi minha expressão ao vê-lo, não me lembro se sorri, se fiz cara de antipática (sei fazer tão bem esta carinha!), só sei que ELE estava parado na minha frente com aquele sorriso e aqueles olhinhos que eu ADORO. Não conversamos sobre o que eu queria, e nem podia, estava no meu trabalho (coração e trabalho, não se misturam!). Mas senti vontade de falar, de xingar, de dizer que eu o adoro e que não queria que o silêncio dele me dissesse o que eu não queria saber: que o “nós” não é “nós”…

Depois que ELE se foi e me deu um beijo na testa de despedida (argh, detesto beijos na testa, me dão a impressão de respeito, lembro dos beijos do meu pai, acho que beijos na testa, só deveriam ser dados por pais e não por homens que vc deseje, por exemplo!), fiquei pensando, MAIS-UMA-VEZ, que tô com medo do turbilhão de coisas que me acontecem, quando eu me apaixono. Não queria mais sofrer, mas sei que é inevitável. Todas as minhas paixões são assim, meio sofridas, meio na corda-bamba. Por que? Acho que em outra encarnação, eu devo ter sido uma mulher perigosa, devo ter feito muito homem sofrer por mim…

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Fui ao médico: otorrinolaringologista.
Exames e mais exames, pra descobrir o real motivo desta minha tontura que já virou minha amiga íntima, porque anda comigo a mais de 40 dias. A médica é ótima, adorei! Só fiquei meio assim, digamos que preocupada, porquê a doutora, me deu o cel particular dela, pra caso de alguma necessidade e marcou, pessoalmente o meus exames de nomes imeeeensooos: VectoEletro Nistagmografia e audiometria tonal. Saí do consultório assustada com tamanha urgência, mas por outro lado, feliz, porquê acredito que finalmente ou descubro o que tenho, ou extermino essa “coisa” incômoda que é viver “embriagada”!!
Bem, lá vou eu amanhã fazer os tais exames e as recomendações são horríveis: não posso fumar a partir de agora, nem comer chocolate, nem tomar café, refri e devo estar em jejum total por 4 horas… Sem maquiagem, cremes faciais e afins. Que exame, heim?! Vou agora mesmo ler sobre o de nome gigante, no oráculo (google) e depois eu vou postar tudinho!

Anúncios

2 comentários sobre “"Como pode ser, gostar de alguém e este alguém não ser seu…"

  1. gostei da linda carta , é verdade as vezes eu mim pergunto para onde vou com tanto sofrimento.
    gostar de uma pessoa que voce gosta e ele gostar de outra maneira fica bem difrente bjssssssssssssss

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s